Corpo docente

 

Bruno Pinheiro Rodrigues

Lattes

Doutor em história pela Universidade Federal de Mato Grosso, com período de estágio doutoral em Lisboa, vinculado à Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (2014). Atualmente exerce o cargo Professor Adjunto na Universidade Federal do Pará, campus de Bragança. Possui experiência nas áreas de História da África, América e Teoria da História, com especial ênfase em História Social.

E-mail:

 

 

César Augusto Martins de Souza

Lattes

  

Possui graduação em História pela Universidade Federal do Pará (1999), mestrado em Antropologia pela Universidade Federal do Pará (2002), doutorado e pós-doutorado em História pela Universidade Federal Fluminense (2012 e 2015). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal do Pará. Tem experiência nas áreas de História e Antropologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Memórias do pós-Segunda Guerra no Ocidente Europeu, Ditadura civil-militar no Brasil, grandes projetos de integração no Brasil e na América do Sul, fronteiras, História da Saúde e Ambiental, Transamazônica, Xingu, migração.

E-mail:

 

 

Daniel dos Santos Fernandes

Lattes

Possui doutorado em Ciências Sociais/Antropologia pela Universidade Federal do Pará (2008), mestrado em Letras: Lingüística e Teoria Literária pela Universidade Federal do Pará (2002) e graduação em Pedagogia/Administração Escolar pela Universidade do Estado do Pará (1997). Vínculo docente com o Programa de Pós-Graduação em Linguagens e Saberes na Amazônia (PPLSA) UFPA/Campus Bragança e como Editor e membro do Conselho Editorial da Revista Amazônia do PPLSA. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia Cultural, trabalhando com comunidades tradicionais ribeirinhas e pesqueiras. Atua como líder no grupo Laboratório de Estudo Linguagem, Imagem e Memórias - LELIM - UFPA e pesquisador, nos grupos, Laboratório de Educação, Meio Ambiente e Cultura - LEMAC - UFPA e Visagem - UFPA. Associado efetivo na Associação Brasileira de Antropologia - ABA e associado da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - SBPC. Coordenador do grupo de pesquisa Laboratório de Estudo Linguagem, Imagem e Memórias - LELIM.  

E-mail:

 

 

Flávio Leonel Abreu da Silveira

Lattes

Graduado em Biologia pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (1991), com Especialização em Ecologia Humana (UNISINOS, 1993). Mestre em Antropologia Social pela Universidade Federal de Santa Catarina (1996) e Doutor em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2004). É professor Associado II da Universidade Federal do Pará (UFPA) e docente dos Programas de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia/PPGSA e Programa de Pós-Graduação em Linguagens e Saberes na Amazônia/PPGLS. Atua especialmente nos campos da Antropologia da Paisagem, com ênfase nas discussões sobre Cidade, Memória, Imaginário, Patrimônio e Ruína. Atualmente dedica-se ao estudo das relações entre humanos e não-humanos na Amazônia. É autor de diversos artigos e capítulos de livros. É bolsista de produtividade do CNPq.

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

Francisco Pereira Smith Junior

Lattes

Graduado em Letras. Habilitação em Língua Portuguesa pela Universidade Federal do Pará (2001) e Habilitação em Lingua Inglesa pela Universidade Federal do Pará (2003). Especialista em Língua Portuguesa (2004) pela Universidade Federal do Pará. Especialista em História do Brasil: Diversidade Cultural pela Pontifice Universidade Católica de Minas Gerais (PUC/MG)(2012). Mestre em Letras: Linguistica e Teoria Literária pela Universidade Federal do Pará (UFPA) (2004), Doutor em Planejamento do Desenvolvimento pela Universidade Federal do Pará (PDTU/NAEA/UFPA) (2012). Título da Tese: Imigração espanhola na Amazônia: As colônias agrícolas e o desenvolvimento socioeconômico do nordeste paraense (1890-1920). Ex-bolsista FAPESPA (Fundação do Amparo à pesquisa do Estado do Pará) (2010-2012). Pesquisador, vínculado ao grupo de pesquisa do Prof. Dr. Luis E. Aragón, Grupo de Pesquisa de Meio Ambiente, População e Desenvolvimento da Amazônia (MAPAZ), do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos da Universidade Federal do Pará (NAEA/UFPA). Atualmente é professor adjunto III (UFPA) e vice-coordenador do Programa de Pós-graduação em Letras, Linguagens e Saberes na Amazônia (PPGLSA).. Possui experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria da Literatura, com foco na Literatura Comparada e nas discussões inetrdisciplinares.

E-mail:

 

 

Georgina Negrão Kalife Cordeiro

Lattes

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Pará (1977). Especialização em Metodologia do Ensino Superior pela PUC de Minas Gerais, Especialização em Educação a Distância pela UNB(1997), Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Pará (2001) e Doutorado em Educação pelo Programa de Pós Graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte(2009) na área temática Educação do Campo. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Formação de Professores e Movimentos Sociais. Atualmente é professora associada da Faculdade de Educação do Instituto Ciências da Educação da Universidade Federal do Pará e Professora do Programa de Pós Graduação Linguagens e Saberes na Amazônia, vinculado ao Campus de Bragança/UFPA.Compõe a Comissão Pedagógica Nacional do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária -PRONERA e coordena o Centro de Documentação e Memória em Educação de Jovens e Adultos na Amazônia.

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

 

 

Gunter Karl Pressler

Lattes

Professor de Teoria Literária da Universidade Federal do Pará (Graduação) e do PPGLetras/Belém e do PPGLinguagens e Saberes na Amazônia/UFPA - Campus Bragança. Pós-Doutorado no Interdisciplinary Center for Narratology (ICN) Universityof Hamburg/Alemanha, com bolsa da CAPES, 2014/2015. Ocupação da Cátedra de Estudos Brasileiros Sérgio Buarque de Holanda (Universidade Livre de Berlim e DAAD), 2013/2014. Pós-doutorado nas Universidades de Osnabrück e Constança/Alemanha, com bolsa da CAPES, 2004/2005. Doutor pela FFLCH da Universidade de São Paulo, 1995, com uma tese sobre a recepção de Walter Benjamin no Brasil (livro/CD, 2006); Mestre pelo Instituto da História da Literatura e Língua Alemã da Universidade de Munique: Ludwig-Maximilians-Universität München, 1985, com um estudo sobre a filosofia da linguagem em W.Benjamin (livro, 1992). Atua nas Linhas de Pesquisa: Literatura - Interpretação, circulação e recepção (PPGL - Mestrado e Doutorado da UFPA, Belém); Leitura e Tradução Cultural (PPGLSA - Mestrado da UFPA, Bragança). Pesquisas sobre Walter Benjamin, Dalcídio Jurandir, Literatura da e sobre Amazônia, Teoria da Recepção, Ficcionalidade/Factualidade, Narratologia.

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

José Guilherme dos Santos Fernandes

Lattes

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal do Pará (1992), mestrado em Letras: Lingüística e Teoria Literária pela Universidade Federal do Pará (1998) e doutorado em Letras pela Universidade Federal da Paraíba (2004). Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Pará, atuando no Programa de Pós-Graduação em Linguagens e Saberes na Amazônia (PPLSA/UFPA), no campus de Bragança; e na Faculdade de Letras e no Programa de Pós-Graduação em Estudos Antrópicos na Amazônia (PPGEAA/UFPA), os dois últimos no Campus Universitário de Castanhal. É Coordenador no Programa de Pós Graduação em Estudos Antrópicos na Amazônia, em nível de mestrado. Atua nas seguintes áreas: estudos culturais e cultura popular, estudos da oralidade, estudos de literatura da Amazônia, tradução e interculturalidade, estudos da narrativa. Coordena o Projeto de Pesquisa "Vozes da Amazônia Oriental: interculturalidade e tradução em narrativas orais", que tem objetivo de estudar e pesquisar narrativas orais e escritas na perspectiva da memória, identidade e representação social, na construção da região cultural da Amazônia Oriental. Em 2014, concluiu estágio pós-doutorado na Universidad Nacional de Tres de Febrero (Untref / Buenos Aires - Argentina) com o projeto "Experiencias de colaboración intercultural entre instituciones de educación superior y pueblos indígenas y afrodescendientesenSudamérica". Desde 2014 integra a RedEducación Superior y Pueblos Indígenas en América Latina, coordenada pelo Prof. Dr. Daniel Mato, da Untref (AR). É participante do Grupo de Trabalho em Literatura Oral e Popular, da Associação Nacional de Pós-Graduação em Letras e Linguística (ANPOLL), e colaborador na Associação Brasileira de Antropologia (ABA). É Investigador Posdoctoral Visitante do Centro Interdisciplinario de EstudiosAvanzados (CIEA), da Universidad Nacional de Tres de Febrero (UNTREF), em Buenos Aires, Argentina.

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

Luis Junior Costa Saraiva

Lattes

 

Possui graduação em História pela Universidade Federal do Pará UFPA (1999), mestrado em Antropologia pela Universidade Federal do Pará UFPA (2002) e doutorado em Ciências Sociais na especialidade Antropologia Cultural e Social pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (ICS) e é professor adjunto da Universidade Federal do Pará e Coordenador do Programa de Pós Graduação em Linguagens e Saberes na Amazônia (PPLSA). Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia Urbana, Antropologia da Saúde, Etnologia Indigena atuando principalmente nos seguintes temas: sexualidade, saúde, doença, corpo, sífilis, AIDS e prostituição, educação indígena, saúde indígena.

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

Norma Cristina Vieira Costa

Lattes

 

 

 Professora Adjunta e Vice-coordenadora da Faculdade de Educação (FACED), UFPA/Campus de Bragança. Doutorado e Mestrado em Biologia Ambiental. Especialista em Violência doméstica contra crianças e adolescentes. Coordena o Grupo de estudos em Educação Ambiental (GUEAM) - FACED/UFPA\Campus de Bragança. Integra como pesquisadora o Grupo de estudos socioambiental costeiro (ESAC)- FACED/UFPA\Campus de Bragança. Pesquisadora da Cátedra Paulo Freire na Amazônia. 

E-mail:

 

 

Pedro Petit Penarrocha

Lattes

 

 

 Possui graduação em Geografia e História - Universitat de Barcelona (1987), mestrado em História de América Contemporâea - Universidad Central de Venezuela (1995), doutorado em História Econômica pela Universidade de São Paulo (1998) e pós-doutorado Universidad de Salamanca-Espanha (2005). Professor Associado Faculdade de História da Universidade Federal do Pará, tem experiência na área de História, com ênfase em História Contemporânea do Brasil e América Latina, atuando principalmente nos seguintes áreas: história regional e local do Estado do Pará, história política, econômica, social e cultural da Amazônia e história oral. Coordenador da III Conferência Estadual do Meio Ambiente do Estado do Pará (2008). Diretor Região Norte Associação Brasileira de História Oral - ABHO (1999-2003 e 2010-2012). Coordenador do Grupo de Pesquisa do CNPq História do Tempo Presente na Amazônia. Membro do Conselho de História do Centro Sérgio Buarque de Holanda (Fundação Perseu Abramo). Membro do Conselho Editorial e Redação da Editora Página 13. Representante da ANPUH-Nacional no Conselho Consultivo do "Projeto Memórias Reveladas" (Arquivo Nacional-RJ). Professor do Programa de Pós-graduação em História Social da Amazônia - PPHIST/UFPA (mestrado/doutorado); professor dos programas de mestrado Linguagens e Saberes na Amazônia (UFPA-Bragança) e ProfHistória (UFPA-Ananindeua).

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

Raquel Amorim dos Santos

Lattes

 

 

 

 Doutora em Educação pela Universidade Federal do Pará (UFPA), Linha de Pesquisa: Educação: Currículo, Epistemologia e História, Mestre em Educação (UFPA), Linha de Pesquisa: Currículo e Formação de Professores. Professora Adjunta A da Universidade Federal do Pará, Campus Universitário de Bragança, Faculdade de Educação. Professora do Programa de Pós-Graduação em Linguagens e Saberes na Amazônia (PPLSA), Linha de Pesquisa: Educação, Cultura e Sociedade. Pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisa sobre Formação de Professores e Relações Étnico-Raciais (GERA/UFPA). Diretora das Áreas Acadêmicas da Associação Brasileira de Pesquisadores Negros - ABPN (2017-2018). Associada a ANPED - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação, ANPAE - Associação Nacional de Política e Administração da Educação e ABPN. Graduada em Pedagogia pela Universidade da Amazônia (UNAMA). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Relações Étnico-Raciais, Currículo, Formação de Professores, Política Educacional, Educação Básica e Didática, atuando principalmente nos seguintes temas:Relações Étnico-Raciais, Política Curricular, Currículo, Formação de Professores, Didática, Planejamento Educacional, Teorias do Currículo, Planejamento e Organização do Processo Ensino Aprendizagem, Avaliação Educacional, Teoria das Representações Sociais e Análise do Ciclo de Políticas.

E-mail:  

 

 

Roberta Alexandrina da Silva

Lattes

 

 

 

 

 

 Possui graduação em HISTÓRIA - Licenciatura - pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita (UNESP/Assis em 1999), Mestrado em História pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP em 2006), Doutorado em História pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP em 2010) e Pós-doutorado em História pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Atualmente é Professor ADJUNTO IV, da Universidade Federal do Pará, docente credenciada aos seguintes programas de pós-graduação: 1) Programa de Pós-Graduação em Linguagens e Saberes da Amazônia; e, 2) PROFHISTORIA, UFPA-campus de Ananindeua. É líder e desenvolve projetos de Pesquisas reconhecido pelo CNPq com os títulos: 1) "Implantação de Estudos Clássicos no Pará: Estudos sobre Gênero, discursos, religiosidade e usos e costumes no passado na Antiguidade Clássica à Antiguidade Tardia"; e 2) VIVARIUM - Laboratório de Estudos da Antiguidade e do Medievo - NÚCLEO NORTE. Pesquisadora dos seguintes Grupos de Pesquisa Certificado pelo CNPq: 1) Cultura Escrita e Oralidade na Antiguidade e no Medievo - ARCHEA; 2) Laboratório de História Antiga e Medieval - LABHAM. Professora Associada do Laboratório de Estudos sobre o Império Romano - (LEIR/UFES). Pós-doutora pelo Programa de Pós-Graduação em História Social das Relações Políticas com o Projeto: " DE PAULO AOS GNÓSTICOS: DEBATES SOBRE GÊNERO E SACERDÓCIO NAS COMUNIDADES PAULINAS E GNÓSTICAS ENTRE MEADOS DO PRIMEIRO AO QUARTO SÉCULO", sob supervisão do Prof. Dr. Gilvan Ventura da Silva. Faz parte como pesquisador do Projeto de Pesquisa de Cooperação Internacional "Cotidiano, sociabilidades e usos do espaço no Império Romano (Edital Capes/FCT 39-2014)", entre Brasil e Portugal, tendo como coordenadores Professor Dr. Gilvan Ventura da Silva (UFES) e Maria Manuela dos Reis Martins (UNIVERSIDADE DO MINHO/PORTUGAL). Atua, principalmente, nos seguintes temas: História Antiga - Império Romano - História Cultural - Gênero - Cristianismo primitivo -corpus paulinum - NagHammadi– Gnosticismo.

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

Roberta Sá Leitão Barbosa

Lattes

 

 

 

 

Roberta Sá Leitão Barboza concluiu o doutorado em Ecologia Aquática e Pesca pela Universidade Federal do Pará em 2012. Atualmente é professora da Universidade Federal do Pará, atuando junto ao curso de graduação Bacharelado em Engenharia de Pesca. Desenvolve pesquisas com comunidades indígenas, quilombolas e pescadores artesanais da Amazônia. Tem experiência na área de Ecologia Humana atuando principalmente nos seguintes temas: Conhecimento Local Ecológico, Gestão Participativa de Recursos Naturais, Sociologia Pesqueira, Etnobiologia, Quelônios Aquáticos, Conservação e Manejo da Fauna Amazônica. Coordenadora do grupo de pesquisas socioambientais costeiros (ESAC) e do Programa de Extensão intitulado “Artesãos das águas: programa de valorização dos carpinteiros artesanais e do patrimônio naval pesqueiro da Amazônia”. Atua no projeto de pesquisa “Embarcando nos saberes locais da pesca da Amazônia”. Participa da Cátedra Freire na Amazônia.

E-mail:

 

 

Sandra Nazaré Dias Bastos

Lattes

 

 

 

 

Graduada em Licenciatura Plena em Biologia pela Universidade Federal do Pará (1995), Mestre em Biologia Ambiental pela Universidade Federal do Pará (2002), Doutora em Educação em Ciências pela Universidade Federal do Pará/IEMCI (2014). Professora Adjunto Nível IV (portaria 171/2017) da Universidade Federal do Pará, Faculdade de Ciências Biológicas do Campus de Bragança.

E-mail:

 

 

Silvia Maria Trusen

Lattes

 

 

 

Possui graduação em Letras pela Faculdade de Ciências e Letras NotreDame (1983), mestrado em Letras pela Universidade Federal do Ceará (1995) e doutorado em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2006). Pós-doutoramento sob orientação da Profa Ana Amorim de Alencar, na Universidade Federal do Rio de Janeiro, no Programa de Pós-Graduação Ciência da Literatura (linha de pesquisa: Estudos semiológicos: Texto, Leitura e Transdisciplinaridade) Professora Associada da Universidade Federal do Pará, Professora do Programa de Pós-Graduação Linguagens e Saberes na Amazonia. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: Narrativas do Insólito e Conto Maravilhoso, Memória e Intertextualidade, Leitura e Tradução Intercultural. Atualmente faz formação psicanalítica no Corpo Freudiano - Escola de Psicanálise.

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

 

 

Tabita Fernandes da Silva

Lattes

 

 

  

Possui graduação em Licenciatura Plena em Letras pela Universidade Federal do Pará (1992), mestrado em Letras (Lingüística ) pela Universidade Federal do Pará (2001) e doutorado em Linguística pela Universidade de Brasília (2010). Atualmente é servidor público da Universidade Federal do Pará. Atualmente atua como coordenadora do Programa de Pós-Graduação Linguagens e Saberes na Amazônia com sede de atuação no Campus de Bragança da Universidade Federal do Pará. Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Linguística Histórica e Línguas em Contato, atuando principalmente nos seguintes temas: Variação e mudança linguistica, contato lingüístico.

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.